Tradução – Star Wars: O despertar da Força passou no Teste Bechdel – por TIME

Tradução do artigo escrito por 

Os membros da audiência que assistiram a estreia de Star Wars: Episódio VII na segunda à noite em Hollywood tuítaram felizes que o filme passou no teste de Bechdel, uma medida básica de como as mulheres são retratadas nos filmes.

O teste Bechdel, inventado pelo comediante, cartunista e autor Alison Bechdel em seus quadrinhos “Dykes to Watch Out For” mensura se, quando duas mulheres falam uma com a outra em um filme sobre algo, esse algo não seja homens. Embora o próprio Bechdel tenha dito que é uma medida falha sobre o quão feminista é um filme, um número surpreendente de filmes não tem êxito em superar esse simples obstáculo. O teste de Bechdel, em 2014, tinha um índice de aprovação de apenas 55.4%, de acordo com o site de publicação de dados Silk.

Mas Star Wars: A Força do Despertar, estrelado por Daisy Ridley, Carrie Fisher, Lupita N’yongo e Gwendoline Christie, aparentemente possui conversas entre essas mulheres sobre assuntos além da vida do homem (mas nós não vamos dar spoiler do que exatamente são esses temas). A escritora de filmes Rebecca Keegan ficou encantada ao tuítar a notícia na noite de ontem (sem spoilers).

Tuíte de Rebecca Keegan:
Entre suas diversas maravilhosas qualidades, Star Wars: O despertar da Força passa no teste Brechdel.

Esse é apenas mais um sinal encorajador de que Star Wars atualiza seu ponto de vista sobre as mulheres desde a Princesa Lea nos seus dias de ouro de biquíni. Em uma entrevista recente para a TIME, Gwendoline Christie, que interpreta a vilã Capitã Phasma, disse que ela pensou até mesmo nos seus figurinos, afirmando que A Força do Despertar é progressiva, “É raro que mulheres interpretem personagens que estão totalmente cobertas abaixo do pescoço que você não consegue realmente ver as linhas do corpo” ela disse. “Eu senti que era um personagem ao qual devemos obedecer, devido as suas ações e ao que ela representa ao invés de ser um esboço de carne desenhado. E isso me fez sentir um passo à frente em termos de figurino de personagem que as mulheres interpretam na indústria do entretenimento. ”

Falando apenas no casting do filme, “A Força do Despertar” marca grandes progressos para as mulheres em filmes de grande orçamento. O filme é estrelado por quatro mulheres em papéis principais despistando as preocupações iniciais quando uma foto divulgada foi esmagadoramente dominada por homens. Isso é muito melhor que do que a maioria dos filmes de estúdio: as mulheres representavam apenas 12% dos protagonistas e 30% de todas as falas de personagens falando dos top 100 filmes de bilheteria em 2014, de acordo com o Centro de Estudos das Mulheres na Televisão da Universidade de San Diego.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s